Modular

Fundamentos de cultura, língua e comunicação

Detalhes do curso

Destinatários

Candidatos que reúnam, cumulativamente, as condições seguintes:

– Idade igual ou superior a 18 anos.

– 9º Ano de escolaridade.

– Ter obtido uma Certificação Parcial em Processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências Escolares ou em Cursos de Educação e Formação de Adultos ou encontrar-se ao abrigo do Decreto-lei nº 357/2007, de 29 de outubro.

– Apresentar um Plano Pessoal de Qualificação.

Programa

– Uma cultura de programação: trajectos pessoais e mudança social

– Relação entre os contextos de vida e os trajectos pessoais

– A importância das aprendizagens não formais nas manifestações culturais e artísticas e destas naquelas

– Metodologias disponíveis de diagnose e prospecção ao serviço da actividade cultural: inquérito, entrevista, observação directa e análise documental

– Investigação cultural intensiva e extensiva: objectivos, propósitos e adequação da opção

– Arte privada e arte pública

– A influência dos factores culturais, políticos e físicos nos processos de mudança social ao longo da história

– Factores de aceleração da mudança social e cultural na história recente: os adventos da revolução industrial, do cientismo, do racionalismo, dos confrontos bélicos, entre outros

– Efeitos da globalização das políticas financeiras e seus impactos na gestão da promoção da cultura, nos seus diferentes aspectos e dimensões (por exemplo, arte popular e arte das elites)

– A língua e a literatura portuguesa no mundo como elementos de união e intervenção cívica

– O texto criativo como expressão de vivências

– Registos linguísticos / textuais de intervenção socioprofissional

– Construção de opiniões fundamentadas num contexto institucional

– Consciência da língua viva, em constante mudança

– O papel da literatura na formação da opinião para a intervenção social: leitura e interpretação de textos literários de autores portugueses e/ou estrangeiros de mérito reconhecido como forma de fortalecer e mobilizar competências culturais, linguísticas e comunicacionais

– Recursos linguísticos pertinentes para a construção de páginas pessoais na internet e a participação em fóruns, subscrições, salas de conversação entre outros

– importância da exploração e produção de documentários e artigos de apreciação crítica acerca da identidade global e local, na construção de opinião pessoal fundamentada

– Os sistemas de comunicação na expressão do pensamento crítico, na construção da relação entre a opinião pessoal e a opinião pública

– A comunicação entre indivíduos, através de suportes diversos, como forma de construção de uma identidade cultural comum

– O papel dos média e da opinião pública nas relações interpessoais

– Percepção da complementaridade teórica/prática em contexto profissional e institucional

– Cultura da globalização e cultura de preservação de identidades: confronto ou complementaridade?

Outras informações

O valor de inscrição é gratuito para as seguintes situações:
– Formandos desempregados.
– Formandos que frequentem curso inserido num percurso EFA, para conclusão de percurso EFA frequentado no CEPRA.
– Formandos provenientes de Processo RVCC Escolar no Centro Qualifica do CEPRA, que frequentem curso inserido num percurso EFA, para conclusão do seu Processo de Certificação Escolar.

DURAÇÃO 50 horas
DATA DE INÍCIO: Data a determinar
LOCAL A designar
PREÇO €0.00