Modular

Sociedade, tecnologia e ciência - fundamentos

Detalhes do curso

Destinatários

Candidatos que reúnam, cumulativamente, as condições seguintes:

– Idade igual ou superior a 18 anos.

– 9º Ano de escolaridade.

– Ter obtido uma Certificação Parcial em Processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências Escolares ou em Cursos de Educação e Formação de Adultos ou encontrar-se ao abrigo do Decreto-lei nº 357/2007, de 29 de outubro.

– Apresentar um Plano Pessoal de Qualificação.

Programa

– Conceitos nucleares para a compreensão e desenvolvimento dos vários ramos das ciências

– O átomo e a molécula como elemento base do universo (ciências físico-químicas)

– A célula e o órgão como elementos base dos seres vivos (ciências biológicas)

– O indivíduo e a cultura como elementos base das sociedades (ciências sociais)

– Estruturação destes elementos em sistemas ou redes alargadas, produtoras de fenómenos complexos (não redutíveis à soma dos elementos)

– Aspectos metodológicos elementares da ciência enquanto prática social e modo específico de produção de conhecimento

– O método enquanto base do trabalho científico

– Conceitos, modelos e teorias como ponto de partida e de chagada da investigação científica

– As várias formas de experimentação empírica (controlada) como forma de verificação (refutação ou confirmação) das hipóteses resultantes das teorias e modelos abstractos

– Procedimentos lógicos como base do raciocínio científico (dedução e indução)

– A matemática enquanto linguagem e forma de raciocínio fundamental para o desenvolvimento e a expressão do conhecimento científico

– Processos através dos quais a ciência se integra a participa nas sociedades

– Modos diferenciados como os cidadãos interagem com a ciência e utilizam os conhecimentos científicos no seu quotidiano

– Formas como os argumentos científicos são mobilizados em controvérsias públicas, a par de outro tipo de argumentos (políticos, económicos, éticos, religiosos, etc..), na busca de soluções

– Importância actual das competências científicas para a participação dos indivíduos em diversas questões públicas

– Limitações do conhecimento científico e da actuação dos cientistas na tomada de decisão em polémicas públicas

– Compreensão dos processos e conhecimentos científicos como base de um novo tipo de cultura e de desenvolvimento social

– O conhecimento científico enquanto aproximação (sempre provisória) ao real, no qual o maior rigor e funcionalidade resultam de uma contínua evolução

– A ruptura com os dogmas, preconceitos e estereótipos enquanto atitude central no pensamento científico

– A relação dialéctica entre investimento em investigação e desenvolvimento e os níveis de progressos e de bem estar das sociedades

– Intensificação da presença da ciência nos variados campos da vida contemporânea, dando origem a sociedades do conhecimento ou da reflexividade

Outras informações

O valor de inscrição é gratuito para as seguintes situações:
– Formandos desempregados.
– Formandos que frequentem curso inserido num percurso EFA, para conclusão de percurso EFA frequentado no CEPRA.
– Formandos provenientes de Processo RVCC Escolar no Centro Qualifica do CEPRA, que frequentem curso inserido num percurso EFA, para conclusão do seu Processo de Certificação Escolar.

CÓDIGO DO CURSO STC_7
DURAÇÃO 50 horas
DATA DE INÍCIO: Data a determinar
LOCAL A designar
PREÇO €0.00